fbpx

Escrito por edmarferreirajr » Dom, 29 Jan 2012, 16:58

Caro estudante,

Quanto aos conteúdos das chamadas ciências exatas (matemática, física e química), posso dizer com segurança que as maiores dificuldades de sua vida de estudante irão advir dos chamados conhecimentos elementares da formação básica (operações e propriedades matemáticas básicas, trigonometria elementar, geometria analítica, vetores força e conhecimentos básicos da química inorgânica .

No entanto, frente a suas dúvidas quero dizer a você o que dizia para todo pai e mãe que me procurava para saber se o filho tinha o perfil adequado para o curso de arquitetura ou de engenharia civil (cursos em que lecionei), pois havia notado que o filho não apresentava domínio nem ciências exatas nem em desenho. Para surpresa de todos, o perfil que sempre descrevi como ideal estava longe do que imaginavam.

Eis o perfil:
1º – Ser MUITÍSSIMO CURIOSO, INVESTIGATIVO, SISTEMÁTICO (na melhor acepção do termo). Ser do tipo que daria tudo para saber como qualquer coisa funciona, desde uma simples caneta esferográfica até algo para qual você jamais deu a menor importância, como os sistemas de coleta de lixo e esgotamento sanitário de uma grande cidade, por exemplo.

webinar-gratuito-calculo-estrutural

2º – Ser INCONFORMADO COM O MUNDO ONDE VOCÊ VIVE. Isso quer dizer ser do tipo que questiona o porquê de tal coisa não ser assim ou assado se assim ou assado fazem mais sentido. Ser, por exemplo, do tipo que questiona o porquê da mesma madeira que utilizamos para dar forma ao concreto armado (por 3 ou 4 vezes) e em seguida transformá-la em lenha ser suficiente para um norte-americano ou escandinavo construir uma casa definitiva, durável e segura.

3º – Ser CRIATIVO e INVENTIVO. Engenharia vem de engenho (do latim “ingeniu”), que nada mais é do que o talento e aptidão naturais para inventar com prontidão. O engenheiro com “E” maiúsculo sabe do que estou falando.

Se você não possui nenhuma dessas características (nem está muito interessado em descobrir os meios de desenvolvê-las) lamento lhe informar que escolheu o curso errado.

Ciências exatas como matemática e física e o desenho (o agravante dos arquitetos) são importantes INSTRUMENTOS para o estudo da Engenharia e da arquitetura, mas nada além de instrumentos. Instrumentos que, para nossa felicidade, são prontamente assimiláveis e ,para ser bem franco, dos mais fáceis de se aprender (aprender é diferente de entender) pelo simples fato de que sua fixação como conhecimento é diretamente dependente da prática de exercícios (Exercícios de Fixação…)

Michael Faraday era, na definição de seu tempo, um completo ignorante em matemática, pelo simples fato de não haver recebido educação formal na disciplina. Mas mesmo incapaz de demonstrar matematicamente sua teoria, não fosse ele, talvez não tivéssemos hoje tantas coisas úteis como máquinas de lavar, liquidificadores e furadeiras (para ficarmos nos exemplos mais simples e diretos), simplesmente porquê se dependêssemos única e exclusivamente da matemática talvez ainda não tivéssemos identificado o campo eletromagnético e inventado o motor elétrico.

Engenharia não é uma ciência exata, mas uma ciência de aproximação. Quem me disse isso foi um grande professor de Teoria das Estruturas da UFMG onde me graduei. Ele nos deu um exemplo simples para for fim a esta conversa: se uma viga é calculada para uma carga x e tiver sua capacidade de carga esgotada, um urubu que pousar sobre ela irá rompê-la? Tanto não é exata, que a prova maior disso é fato de que não há um dimensionamento sequer por mais simples que seja que prescinda de um belo um coeficiente de segurança (quase sempre de majoração para as piores situações).

São questões para reflexão, sua e de todos os participantes. Nosso país está com seu desenvolvimento ameaçado pela escassez de engenheiros no mercado. O que não se diz é que faltam engenheiros no mercado de engenharia, ocupando funções de engenheiros, porque engenheiros em grande número existem, mas muitos deles (exímios matemáticos) estão fazendo contas no mercado financeiro.

Dica de Estudos: Aprenda mais sobre os principais softwares para cálculo estrutural e estruturas do mercado e como você pode Aprimorar seus Conhecimentos em Estruturas, CLIQUE NO BANNER ABAIXO E FAÇA A MATRÍCULA GRATUITAMENTE:
 

webinar-gratuito-calculo-estrutural

Um grande abraço e sucesso em sua jornada.

Deus abençoe, desejo sucesso em sua Carreira!

Matricule-se Já e dê um UP em sua carreira, acesse o site: http://www.upcarreira.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *